Ah, a Itália…

 
A artista Patricia Carmo é um dos nomes expoentes das artes plásticas no Brasil. Ela acaba de fazer uma individual na galeria Mercedes Viegas, no Rio de Janeiro. Três das obras expostas no lugar foram parar na top coleção de Gilberto Chateaubriand. Amante da cultura italiana, ela passou os 13 últimos anos em Roma, onde mantém seu estúdio artístico. Quando não está às voltas com o mundo das artes, escreve um blog com dicas para turistas na Itália: Guia de Roma. Na entrevista a seguir, ela fala da culinária local.
 
Quais os pratos italianos de que mais gosta?
Camarões vermelhos crocantes com salada de alcachofras cruas; tartar de atum; salada de camarão cozido ao vapor e puntarelle crocante (verdura que não existe aqui, uma variação da chicória, crocante, com notas amarguinhas e sabor fresco); espuma de queijo caprino e bottarga; espaguete com rúcula, tomate cereja e ricota; rigatoni a matriciana com brócolis; nhoque (normalmente servido às quintas-feiras). Além disso tudo, pizza… no restaurante Dar Poeta, em Trastevere; no popular Obitorio, que é extremamente barato, também em Trastevere; na Economica (no inicio da Tiburtina), ou no centro, no Baffetto, que fica perto da Piazza Navona.
 
Além das pizzarias, que já citou, onde comer estes pratos?
Frutos do mar, no restaurante La Rosetta; as pastas são deliciosas nas pequenas e tradicionais bettole. São casas de características romanas, trazem a essência da vida e do prazer de estar à mesa nesta cidade.
 
Em que a gastronomia romana se diferencia de outras regiões da Itália?
A gastronomia romana não é refinada como a da Toscana, é famosa pela tripa (tripa) com a mentuccia (prima da menta) e queijo pecorino. Hoje em dia, temos muitos restaurantes sardos (amor pelos frutos do mar) excelentes, que representam o espirito da cidade. Tem-se o hábito de comer peixe às sextas-feiras.
 
Poderia dar dicas de restaurantes bons e baratos em Roma?
Da Corrado, na Vicolo Della Pelliccia 39; Da Giovanni, que serve almoço e jantar, mas é preciso chegar cedo; fica na Via della Lungara 41ª; o Da Tonino, na Via del Governo Vecchio 18  e a pizzeria L’ Economica, na Via Tiburtina 48.

Você já se inspirou em comida para fazer obras de arte?
Não, nunca, mas a comida na Itália é pura cultura. Faz com que você tenha vontade de rezar.
Anúncios

One thought on “Ah, a Itália…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s