Banquete para os amigos

Hoje entrevistamos a chef Renata Cruz, chef do restaurante Amici. Ela fala da sua memória culinária afetiva e da relação entre a gastronomia que pratica e seus amigos. Não perca!
 
Qual o ingrediente que mais tem despertado a sua atenção ultimamente?
Estou trabalhando muito com arroz… vários tipos, fazendo testes em receitas diferentes. Porque arroz é a nossa base de alimentação, está na mesa de todo o brasileiro, em todas as classes sociais. Acho interessante encontrar outras formas de usar esse mesmo ingrediente.
 
Qual a sua primeira memória gastronômica?
A memória gastronômica mais antiga que tenho é de arroz, feijão, carne moída com batatinha e farofa da casa da minha avó. É a comida que mais sinto saudade também. Faço sempre esse prato, mas nunca terá o mesmo gosto, o mesmo cheiro, os mesmos sons…
 
Qual a sua memória gastronômica mais gostosa, que envolva seus amigos?
Defendo a teoria de que a gente só convida para dividir uma refeição aquelas pessoas a quem queremos bem. Tenho milhares de memórias com amigos à mesa. Na verdade, esse foi o verdadeiro motivo de ter aberto o restaurante, por isso ele se chama Amici e por isso tenho foto de todos os meus amigos nas paredes (veja na foto). Difícil escolher um momento só, mas vou citar um aniversário de uma amiga muito querida. Fizemos um piquenique no jardim, todo mundo sentado na grama, num fim de tarde, com bolhas de sabão. Dia delícia com amigos queridos!
 
Se tivesse que escolher um ingrediente para seu melhor amigo, qual seria?
Batata! Sem dúvida! Poxa, batata nunca te deixa na mão, né? Até quando a gente tá doente! “filha, come uma batata amassadinha com pouquinho sal!”. Amo batata, amo as milhões de possibilidades de cocção, a versatilidade!
 
E se tivesse que fazer um banquete para seus amigos, o que serviria?
Serviria aquilo que eles adoram comer. Engraçado pensar nisso, cada amigo tem um prato. Sei exatamente o que eles gostam, só de pensar neles. (risos). Seria um banquete mesmo! (risos) Não poderia faltar: bolo de banana, milanesa crocante, picadinho, parmegiana, bobó de camarão ou moqueca, costela, brigadeiro de colher, pamonha, purê de manjericão…

 

Foto: Mario Aguas
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s