Carne na lata

???????????????????????????????

Fim de semana passado, estive em Tiradentes (MG), para cobrir o festival de cultura e gastronomia local para a revista Prazeres da Mesa. Foi então que provei pela primeira vez a carne suína na lata de marca Xavante. O produto é criado em Diamantina (MG), onde o cozinheiro José Luiz de Oliveira tem um restaurante. Os pedaços de pernil são conservados na própria banha do porco, como se fazia antigamente. A técnica secular de conservação sem refrigeração consiste no cozimento e na fritura da carne até a sua completa desidratação. Uma vez retirada toda a água, a carne é acondiciona na lata, onde ficará submersa na banha.

A gordura ser conservante natural e realça o sabor, além de conferir maciez à carne. A marca é pioneira na industrialização da carne na lata, há pelo menos uma década. Essa é uma tradição que vem se perdendo desde o advento da geladeira. É bom dizer que, até os anos 40 do século passado, quando o refrigerador doméstico começou a se difundir no Brasil, a carne de lata era bastante comum.

A marca vende o produto em latas de 900g e 3,4 kg, pronto para o consumo. Essa técnica é a mesma do confit, que os franceses fazem com pato e ganso, cuja principal produção vem dos departamentos de Gers, na região Midi-Pyrénées, e Landes, na Aquitânia.

Serviço: http://www.carnenalata.com.br 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s