Os bombons da Lia

Brigadeiro Chic cred. Bia Sabóia

Há mais de dez anos no mercado, a chef de patisserie, Lia Quinderé especializou-se em cake design pela Wilton School, em Chicago. Hoje, à frente da Sucré Patisserie, em Fortaleza (CE), participa de cada um dos detalhes da sua empresa, da pesquisa de sabores e ingredientes aos detalhes de embalagens, passando pelo e-commerce. Ela tem em sua linha mais de 80 tipos variados de chocolates nos sabores caramelo salgado, crocante de massa folhada e castanha de caju caramelizado. Leia a sua entrevista ao Tudo al Dente:

Brigadeiro Belga cred. Bia Sabóia

Quais são os doces que nunca saem da sua memória? Dois doces marcaram a minha infância e são lembrados por mim constantemente com saudade. O primeiro é bala de café. Minha tia avó, Agnete, cozinhava à tarde em minha casa, e sempre me fazia embalar as balas em papel manteiga. Lembro com carinho que mais balas eram comidas do que embaladas. Era muito difícil resistir. O outro é um rocambole de claras com canela que minha mãe faz até hoje. Geralmente, na época do Natal, ela presenteia amigas com o doce. Existem aquelas que já esperam e contam com a sobremesa todos os anos no Natal. O cheiro de canela ficava por toda a casa e eu sempre ajudava a enrolar os bolos.

Trufa de chocolate cred. Bia Sabóia

Qual chocolate usa na sua empresa? Uso Callebaut 33% ao leite, 50%, 70% e branco. E uso também o brasileiro Unique 63% Fazenda João Tavares, da Harald.

lia_chocolate

O que gostaria de dizer sobre o seu chocolate? Em todos os nossos produtos, tenho tentado aliar técnica tradicional, no meu caso da escola francesa que é a minha formação, ao ingrediente brasileiro, buscando a valorização e fortalecimento da nossa cultura gastronômica. Além do chocolate, uso produtos que nos representam, como a castanha de caju, a flor de sal do Rio Grande do Norte, ou o próprio chocolate da Bahia, da Fazenda João Tavares, da Unique.

Lia 2 cred. Georgia Santiago

O que tem achado do chocolate nacional de hoje? Existe um movimento iniciado pelo Ernesto Ary Neugebauer, no aprimoramento do chocolate brasileiro. Hoje já temos chocolate gourmet, de cacau fino 100% brasileiro. Esse movimento de brasilidade que vivemos na gastronomia tende a fortalecer esse projeto, até que alcancemos o mesmo nível dos belgas e franceses. Acredito muito em nosso potencial e sei que tem gente trabalhando forte para que isso aconteça.

Serviço: Sucré Patisserie, tel.: (85) 32682983

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s