Chef Rouge e as 50 mil Tarte Tatins

tatin2

No final de novembro, o  restaurante paulistano ‘Chef Rouge’ alcança 50 mil Tarte Tatine lança um filme produzido e criado pelo ilustrador Dado Motta, que conta a história das irmãs que criaram a torta há mais de 1 século. Esta é a maneira da casa reforçar a tradição de sua paixão por esse patrimônio imaterial da cultura francesa.

A torta leva apenas maçãs, açúcar, farinha de trigo e manteiga e é a minha receita preferida. Tanto é que comecei, certa vez, um blog dedicado apenas às Tarte Tatins.

A história do doce é famosa. Duas irmãs francesas, as Tatin, a inventaram acidentalmente, num dia de muito movimento em seu restaurante. Uma vez que depois da morte de Stephanie Tatin em 1917, e seis anos depois Caroline, a receita original nunca foi publicada, uma fina massa onde estão dispostos meias maçãs carameladas, crocantes por fora e macias por dentro, era o que se sabia.

A prosperidade surgiu dos versos de Paul Besnard que escreveu uma versão em 1921, mas foi certamente a receita publicada em 1926 no La France Gastronomique de Maurice Curnonsky, um respeitável crítico gastronômico, que a fez conhecida em Paris.

Veja aqui a receita:

Serviço: Chef Rouge, R. Bela Cintra, 2238 – Jardim Paulista, São Paulo

Foto: Divulgação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s