O afiador de facas

historia_faca_facas_horizontal_110409

Especialista em amolar facas, Peter Hammer deu uma palestra esclarecedora na Folia Gastronômica de Paraty​, sobre a melhor forma de ter facas sempre boas na cozinha. “Grande parte dos acidentes em cozinha acontecem com facas ‘cegas’. Um cozinheiro precisa saber amolar facas. Esta é uma habilidade, assim como cozinhar é um ato de habilidade”, disse.
Ele falou que uma boa faca de aço feita sob encomenda custa em média R$ 6OO, e que pode durar a vida toda. “Uma ruim tem vida útil curta. Vale investir numa boa.”
Ele falou que facas são ferramentas e que devem ser bem cuidadas. “É preciso guardar as facas em imãs, ou enroladas em pano de prato ou papel sulfite.”
O especialista ainda disse que ‘bobagens’ costumam acabar com a amolação das facas. “Uma delas é lavar com a parte verde da bucha; outra é cortar em superfícies duras, como vidro e porcelana. Arrastar legumes com o fio da faca também acaba com a afiação”, ensinou ele.
Para ilustrar a palestra, ele afiou uma, na frente de todos. “Coloquem um pano molhado numa superfície, e em seguida a pedra abrasiva. Depois, é só afiar, delicadamente.”

O trabalho do cara é realmente interessante. Aprendia finalmente a afiar facas. Minha única ressalva quanto ao afiador é que ele fala o tempo todo a palavra ‘matar’. De dez frases, oito ou nove são sobre o seu trabalho. Muito autorreferente. E a palavra ‘matar’ aparece diversas vezes no seu discurso.

Anúncios

One thought on “O afiador de facas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s