Artista Simone Mattar apresenta gastroperformance sobre a relação do homem com o porco

 gastro

A Galeria Rabieh acaba de inaugurar a exposição “Ópera dos Porcos” de Simone Mattar. Composta da instalação que dá nome à mostra e a gastroperformance “Feijoada Branca”, além um conjunto de fotografias, pinturas e projeção externa, a exposição se propõe a estabelecer uma relação entre o ser humano e as diversas simbologias associadas ao porco a partir de um experiência multi-sensorial.

A artista dá boas-vindas ao visitante com a gastroperformance “Feijoada Branca”, numa extensa mesa sobre a qual são dispostos os pedaços de porco típicos da feijoada como costela, focinho, pé, orelha e língua. Todos eles são esculturas de coloração branca, apenas alguns sendo comestíveis, o que provoca familiaridade e, ao mesmo tempo, estranhamento àqueles que se aproximarem dos ingredientes do celebrado prato nacional. Em sessões alternadas, esses mesmos pedaços de porco podem ser degustados pelos visitantes, que então se convertem em comensais de um surpreendente banquete.

Ainda na sala da feijoada, são apresentados trabalhos de dois artistas do coletivo londrino “Food of War”, de que Simone faz parte. O colombiano Omar Castañeda exibe três pinturas figurativas de cabeça de porco cujo tom sanguíneo de vermelho é de fato feito de sangue, ao passo que a artista Quintina Valero expõe três fotografias.

Na Instalação “Ópera dos Porcos”, que empresta nome à mostra, seis cabeças de porco moldadas e presas à parede (que ao final da ópera serão servidas aos participantes) recebem projeções em vídeo que dão vida à face dos animais, emulando as vozes de uma canção como se os porcos de fato cantassem os versos da irônica composição original com letra de Simone e direção musical de Renata Mattar.

Por fim, a parede do fundo da galeria serve de tela para a projeção noturna do vídeo “Pig Calling Contest”, dialogando com uma cantora lírica presente, liberdade curatorial que a artista tomou para questionar a cultura americana como exemplo de potência mundial, em contraposição à fragilidade do artista na busca de sua expressão. No vídeo, os participantes se desafiam a imitar o guincho de seu animal predileto.

Serviço: Galeria RabiehAlameda Gabriel Monteiro da Silva, 147 | Cerqueira César – São Paulo – SP, Tel.: (11) 3081 0017. Período expositivo: de 05 de abril a 06 de maio de 2017. No domingo, dia 09/04, a galeria fica aberta das 11 até às 18 horas. Entrada gratuita e livre para a exposição. Datas e horários das gastroperformances (capacidade de 30 pessoas por sessão):  05 a 8/04: às 19h30 e 20h30;  09/04: às 14h30. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s