Qual a melhor caipiroska do Brasil?

Botequim carioca

Após percorrer todo o território nacional provando as mais diferentes receitas de caipiroska, a vodka Smirnoff promove evento no dia 15 de abril, na Vila Butantan (R. Lemos Monteiro, 206), em São Paulo, para premiar a melhor receita desse drink amado pelos brasileiros. O evento tão esperado marca o encerramento da competição que começou em novembro de 2017 e contou com 4 mil bares inscritos na primeira fase.

O voto do público foi responsável por escolher 200 finalistas, anunciados em janeiro, que foram avaliados por um júri especializado nos meses seguintes. A nota dos especialistas somada à opinião popular resultou na eleição de 12 bares, que estarão presentes na premiação servindo suas criações pelo preço fixo de R$10,00.

Entre os 12 bares, destacam-se casas da Grande São Paulo, como o bar Estrela da Matriz, da capital, com sua receita de caju e limão siciliano; a MeiMe Pizzaria, também da capital, com sua criação a base de tangerina, maracujá e manjericão; o Botequim Carioca (foto), de Santo André, com sua caipiroska de banana com limão e canela; o Boteco Adoniran, de São Bernardo do Campo, com sua versão que leva limão siciliano, açúcar, melaço de cana e gelo de garapa de cana. Já no interior de São Paulo, continuam no páreo o Senhor Boteco, de Jaboticabal, com sua caipiroska de abacaxi, manjericão, gengibre, açúcar orgânico e picolé de tangerina; o Bar do Haules, de Jundiaí, com seu drink de rúcula e limão; e o Bar do Maurélio, em Barra Bonita, com uma tradicional feita com limão e açúcar. No litoral do mesmo estado, o Esquina do Chopp, em Santos, segue na disputa com sua caipiroska que leva abacaxi, tangerina, maracujá, physalis e gengibre; e, na mesma cidade, também participa o Original Co. Burger, cuja criação é feita a partir de limão siciliano e cereja marasquino.

Ainda entre os finalistas, está o Tribus Bar, de Balneário Camboriú (SC), com versão feita com limão, morango, abacaxi e kiwi; o Deck Bar, em Londrina (PR), com garapa e limão rosa; e o Baco, em Maringá (PR), com limão siciliano, limão tahiti e xarope de rapadura.

Criado por apaixonados pela caipiroska e para os amantes desse drink que é paixão nacional, o evento é aberto ao público e contará com apresentação do grupo de samba Reduto e também do Dj Rico Capeleiro. Além de ter a chance de provar as criações dos finalistas, quem estiver por lá ainda encontrará comidinhas de foodtrucks.

O grande vencedor será anunciado por Álvaro Garcia, Diretor de Marketing da Diageo PUB e leva para casa o troféu da Melhor Caipiroska do Brasil – Smirnoff 2018.

A Smirnoff foi fundada em 1864 por Piotr Arseneevich (P.A.) Smirnov, que, em pouco tempo, se tornou um dos mais famosos fabricantes de vodka da Rússia e Fornecedor da Corte Imperial. Quando os Bolcheviques assumiram o poder, as destilarias foram fechadas, e o filho de P.A., Vladimir, acabou expulso do país, indo se refugiar na França, onde passou a vender vodka com o nome “Smirnoff”, que deu nova vida à marca.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s