Aprenda a fazer quitutes com a chef Ana Luiza Trajano

Brasil a gosto_Fortaleza_Coxinha de macaxeira recheada de charque, jerimum e Catupiry, acompanhada de panelinha de tripa _Alexandre Schneider01

Desde fevereiro, a chef Ana Luiza Trajano, do Brasil a Gosto, vem realizando expedições nas doze cidades sede da Copa do Mundo 2014. Barraquinhas e pequenos restaurantes foram alvo da pesquisa. A pesquisa rendeu a criação de três cardápios de petiscos harmonizados com caipirinhas, servidos em três etapas no restaurante. O primeiro, até 11 de maio, homenageou Fortaleza, Recife, Salvador e São Paulo.

Brasil a gosto_Salvador_Mini acarajé – vatapá, caruru, camarão e vinagrete de tomate verde_Alexandre Schneider01

A chef serviu mini acarajés, de Salvador (acima); canudinho de massa de pastel com pernil e Catupiry, inspirados em São Paulo (abaixo):

Brasil a gosto_São Paulo_Canudinho de massa de pastel com pernil e Catupiry_Alexandre Schneider01

Também serviu cachorro quente de moela, do Recife (abaixo); e coxinha de macaxeira recheada de charque, jerimum e Catupiry, acompanhada de panelinha de tripa, quitute inspirado na comida popular de Fortaleza. A chef nos passou a receita deste último prato (veja a primeira foto do post).

Brasil a gosto_Recife_Cachorro quente de moela_Alexandre Schneider02

Coxinha de macaxeira com carne seca e Catupiry e Panelinha de tripa 

Panelinha de tripa (6 porções)

700 g de bucho limpo, 1 dúzia de tomate, 100 g bacon, 1 dente de alho picado, 1 limão (suco e raspas), 10 g salsinha picada, 10 g coentro picado, 1 folha de louro, 1 ramo de tomilho, sal e pimenta a gosto. Modo de preparo: Corte o bucho em tiras pequenas. Ferva água em uma panela média e coloque para branquear, deixe por aproximadamente 1 minuto, escorra. Repita o processo 5 vezes. Logo após coloque a bucho para cozinhar numa panela de pressão com sal, louro, suco de limão e tomilho. Depois que a panela pegar pressão, deixe 25 minutos cozinhando e escorra. Reserve. Enquanto isso, para o molho de tomate, doure o bacon, refogue o alho e adicione os tomates cortados em cubos grandes, apenas sem a pele. Em fogo baixo, deixe o tomate cozinhar por aproximadamente 40 minutos, ou até o tomate se desmanchar, se necessário ir acrescentando um pouco de água ao molho, para que ele não seque. Uma vez que o molho e o bucho estiverem prontos, juntar os dois para terminar o cozimento (aproximadamente 20 min). Ajustar os temperos se necessário e finalizar com raspas de limão, a salsinha e o coentro. Servir logo em seguida.

Coxinha de macaxeira com carne seca e Catupiry (30 unidades)

2 kg mandioca cozida, 150 g amido de milho, 2 ovos, Farinha de rosca, Sal e pimenta a gosto. Recheio: 1 kg carne seca, 300 g abóbora cabotia em cubos pequenos, 150 g Catupiry, 1 und cebola picada, 80 g manteiga de garrafa e 20 g cebolinha cortada. Modo de preparo:  Passar a mandioca cozida ainda quente  em um espremedor. Depois de obter o purê da mandioca (deve estar bem seco), adicionar o amido de milho e temperar com sal e pimenta. Para o recheio, dessalgar a carne seca e cozinhá-la na panela de pressão até que fique macia, para desfiá-la. Depois de desfiar a carne seca, refogar em uma panela a cebola na manteiga de garrafa, a abóbora em cubos bem pequenos e a carne seca, refogar por cerca de 5 minutos ou até que a abóbora fique macia. Reservar o recheio e esperar esfriar um pouco, para só então adicionar o Catupiry e a cebolinha. Para modelar as coxinhas, fazer bolinhas com a massa e como o dedo indicador fazer um buraco na massa. Com uma colher de café colocar o recheio e com as palpas das mãos modelar a coxinha. Uma vez que todas as coxinhas estão modeladas, passá-las no ovo batido e depois na farinha de rosca. Em óleo quente fritar as coxinhas e servir logo em seguida.

Serviço: Brasil a Gosto: R. Professor Azevedo Amaral, 70 – Jardim Paulistano, São Paulo, tel.: (11) 3086-3565

Anúncios

Dez petiscos para comer no Rio de Janeiro

Bar Astor_Especialissimos do balcão_quentes_besteira à milanesa_Divulgação

No bar Astor, peça besteiras à milanesa (R$ 38), pequenos pedaços de bife à milanesa com queijo derretido sobre uma fina fatia de pão. Av. Vieira Souto, 110, Ipanema. Tel.: (21) 25230085.

bolinha-de-queijo-de-cabra-empanada-no-panko

No Bar do Lado, pertinho da praia do Leblon, um dos petiscos mais pedidos é o bolinho de queijo de cabra, em crosta bem crocante, servido com mostarda e mel de laranja (R$ 28). Não deixe de provar, após a praia. Av. Bartolomeu Mitre 15, Leblon. Tel.: (21) 2172-1120.

Botequim Informal_Polenta frita com gorgonzola_crédito Rodrigo Castro-04

Uma das maiores redes de pés-limpos do Rio, o Botequim Informal, oferece um cardápio repleto de petiscos saborosos. Entre eles, a polenta frita com molho gorgonzola (R$ 19,50). Uma delícia. Rua Barão da Torre 348, Ipanema. Tel: (21) 2247-6712.

Aconchego Carioca_bolinho de feijoada_crédito divulgação
No Aconchego Carioca, a dica é pedir os famosos bolinhos de feijoada da casa, recheados com os acompanhamos do prato tradicional, como torresmo e couve. Custam R$ 29, 6 unidades. Rua Barão de Iguatemi, 379, Praça da Bandeira, Tel: (21) 2273- 1035.

Complex Esquina 111_Bolinhos de risoto de açafrão com carne seca

Os destaques no cardápio do Complex Esquina 111, gastrobar na esquina das Ruas Maria Quitéria e Redentor, no coração de Ipanema, estão na seção Para Dividir. Os bolinhos de risoto de açafrão e carne seca (R$ 30,00 – 6 unidades) vêm acompanhados de um delicioso molho, com receita secreta do chef Fábio Battistella, consultor gastronômico da casa. Rua Maria Quitéria, 111 – Ipanema. Tel.: (21) 3256-9375.

Fotos na Deli43 - Pavelka, loja do Leblon, doces, salgados.

Na Deli 43-Pavelka, representante oficial da delicatessen petropolitana no Rio, o grande hit é o croquete de carne, escolha de onze entre dez clientes da casa. Feito com carnes nobres é frito sempre no momento do pedido e chega à mesa crocante por fora e super cremoso por dentro (R$ 5,90). Rua João Lira, 97, Loja A e B, Leblon. (86 lugares). Tel.: (21) 2294-1745.

Garrafeiro Informal_espetinho de filé mignon (3)_Foto Bella Cardim

No Garrafeiro Informal, em Ipanema, o clássico espetinho chega com filé mignon (R$ 19,90), frango (R$ 15,50) ou queijo coalho (R$ 16,50) e acompanham vinagrete de caipirinha e farofa. Rua Barão da Torre, 348 – Ipanema, Tel.: (21) 2247-6711.

Meza Bar_Camarão corcante com Bloody Mary_crédito Rio Foto

No Meza Bar, bar gourmet do Humaitá, um dos petiscos mais pedidos é o camarão crocante com bloody mary (R$ 38). O petisco, um dos ícones da casa, segue muito a proposta do Meza, de sempre levar um pouco do bar para a cozinha e vice-versa. Rua Capitão Salomão, 69 – Humaitá, Tel.: (21) 3239-1951.

Pipo_Aipim frito com espuma de queijo coalho_crédito Tomas Rangel

Considerado pelo próprio chef como um boteco carioca com comida de vanguarda, o Pipo, do chef Felipe Bronze, serve dois petiscos que fazem o maior sucesso na casa: o aipim frito (R$ 16), com espuma de queijo coalho defumado, e os pastéis da casa (R$ 19 – 2 unidades), que podem ser de carne seca, com pupunha e pimenta dedo de moça, e de Queijo Serra da Canastra MG, com alho poró acidulado. Rua Dias Ferreira, 64 – Leblon. Tel.: (21) 2239-9322.

Q_Mix de boteco_Alexander Landau

No Q, um doa maiores sucessos da casa e que está no cardápio desde a abertura, em 2011, é o mix de boteco. Composto por coxinhas de pato confit, dadinhos de tapioca com provolone e ovos de codorna com maionese trufada (R$ 35). Rua Dias Ferreira, 617, Leblon. Tel.: (21) 2113-0564.