Dois doces da Amazônia

Polpas , Combu, foto Welligton Nemeth (2).JPG

Creme de Taperebá com doce de Banana

10 porções

Ingredientes

1kg de polpa de taperebá

1 lata de leite condensado

1 lata de creme de leite

10 bananas

2 1/4 xícaras (chá) de açúcar

1/3 xícara (chá) de água fervente

Modo de preparo

No liquidificador, bata a polpa de taperebá, o leite condensado e o creme de leite.

Leve ao congelador por 4 horas.

Corte as bananas em rodelas e reserve.

Em uma panela, derreta o açúcar em fogo médio.

Mexa de vez em quando até o açúcar dissolver.

Baixe o fogo e deixe ferver até obter um caramelo.

Acrescente a água fervente e ferva até desfazer os cristais de açúcar.

Junte as bananas e cozinhe por 5 minutos, até que doure.

Deixe esfriar e leve à geladeira.

Sirva em taças, alternando camadas de banana e creme

Wellington Nemeth - Fotografo

Compota de Bacuri

6 a 8 porções

Ingredientes

600 g de polpa de bacuri.

3 xícaras de chá de açúcar

400 ml de água

Raspa de casca de um limão.

Modo de preparo

Despeje a polpa de bacuri em uma panela e cubra com água.

Cozinhe o bacuri até que ele fique macio.

Despreze toda a água.

Cubra a polpa e bacuri com as 03 xícaras de açúcar, mais os 400 ml de água e a casca de limão.

Ferva até obter uma calda densa.

Deixe esfriar, coloque em um pote e mantenha na geladeira.

Serviço: produtos típicos do Norte podem ser encontrados na Combu Produtos da Amazônia, Rua Gama Lobo, 2319, Alto do Ipiranga, SP, tel.: (11) 2307 6100

Fotos: divulgação

Anúncios

Chocolate do Combu (PA), gostinho da Floresta Amazônica

foto 1

Finalmente provei o chocolate da ilha do Combu (foto abaixo), este fim de semana. O produto artesanal é feito às margens do rio Guamá, por povos ribeirinhos com o cacau forasteiro local. Este chocolate rústico vem embrulhado numa embalagem linda, com folhas de cacau e é feito por dona Nena, que beneficia dez quilos de sementes de cacau por semana.

combu

O chocolate que vem conquistando chefs nacionais – como o paraense Thiago Castanho, que serve doces feitos com o chocolate em seu restaurante Remanso do Bosque – e paladares gourmets é feito a partir de sementes de cacau que são selecionadas, depois fermentadas e torradas, antes de serem espremidas num espremedor caseiro de carne, o que resulta no chocolate propriamente dito, com a massa e a manteiga do cacau amalgamadas.

cacau

O produto é 100% cacau e vem sem açúcar, o que faz com que sintamos toda a complexidade de aromas e sabores. De acordo com a tabela de sabores lançada pelo produtor baiano Diego Badaró, da Amma, pude sentir/perceber aromas florais de jasmim e gerânio; frutados de cupuaçu, frutas secas e ameixa. Pude ainda provar gostinho de macadâmia, azeitona, baunilha, cogumelo, madeira e manteiga. Mas, o que se destaca mesmo é o sabor de Floresta Amazônica. É como se cada barra fosse um naco amalgamado da floresta e sua exuberância.

cacau

Publiquei, ontem, a foto das barras embrulhadas no instagram e muita gente veio me perguntar onde comprei as barras em São Paulo. Comprei com a Antônia (veja serviço abaixo), que vende cada barra de 100g por R$ 6,50. Pedi quatro e ela fez a entrega na minha casa. Aproveitei a iguaria de várias formas. Eu a comi pura, fiz chocolate quente, que ficou delicioso, barrinhas de chocolate ao leite e de chocolate com açúcar e sem leite. Fiz ainda brigadeiro. Embrulhado em suas folhas, com o aspecto rústico e artesanal, é um belo presente para amantes de gastronomia.

Serviço: Onde comprar os produtos – com Antônia PadvaisKas, do Empório Poitara, tel.: (11) 97310-5024 / 98344-4040

Fotos: banco de imagem e Antônio Carrion