SalumiAmo divulga embutidos italianos no Brasil

_MG_1674

Presunto de Parma, mortadela de Bologna, copa, salame, pancetta. Não tem quem não goste da salumeria italiana. Pois o governo brasileiro acaba de liberar a importação desses produtos, que agora podem ser encontrados em diversos locais na capital paulista.

Ontem, fui ao almoço de apresentação da ação SalumiAmo, no Eataly SP. Lá, soube que a Italian Trade Agency [ITA Brasil], o Istituto per la Valorizzazione del Salumi Italiani e a Associazione Industriali delle Carni e dei Salumi criaram uma promoção de hoje [dia 30] a 3 de outubro, o SalumiAmo, para difundir a cultura desses produtos milenares na capital paulista.

_MG_8209

A programação tem degustação nos seguintes restaurantes
Dia 30/09 – Terraço Itália
Dia 1/10- Percussi; Aguzzo e Friccó
Dia 2/10- Buttina; La Madonnina Ravioli e Piselli
Dia 3/10- Spadaccino

Degustação em Pontos de Venda
Local: Eataly; Empório Santa Maria e Casa Santa Luzia
Data: 1 a 3/10
Horário: 10h às 19h

_MG_8271

Workshops:
Dia 30/9 – Anhembi Morumbi
Horário: 11h30 às 13h30
Dia: 30/9 – Terraço Itália
Horário: 15h30 às 17h
Dia: 1/10 – Italian Trade Agency
Horário: 10h30 às 12h

***

IMG_1895

Saiba mais sobre os produtos

Presunto cru: Resultado de uma arte secular conhecida pelos antigos romanos, o presunto cru é dos salumi mais apreciados. Os ingredientes são apenas o pernil suíno, o sal e alguns temperos, mas o produto final é apreciado em todo o mundo, pois tem aroma fragrante, sabor delicado e é pouco salgado. Mas, não se pode esquecer que o clima das localidades escolhidas para sua elaboração é o que faz toda diferença. A cura da peça pode levar mais de 24 meses

Salame: Muito saboroso, o salame é outro produto secular da salumeria, tendo sido elaborado por etruscos e romanos, e representa uma das mais antigas formas de conservação da carne. Hoje, há variados tipos do embutido, de acordo com a região, que se diferenciam pela maneira de moer a carne, pelas especiarias e ingredientes que levam (alho, pimenta do reino, sementes de erva-doce, vinho), o que contribui para dar a cada um deles personalidade única.

SPECK

Copa: Também conhecida como capocollo, a copa é bastante tradicional na Itália e tem uma grande gama de sabores. Seu nome está diretamente ligado à região dorsal do porco, da qual é obtida. A técnica para produzi-la é única e lembra a do presunto cru e do salame, igualmente com sal, pimenta e especiarias. O tempo de cura é que determina o tipo de produto – seis meses para a copa, 100 dias para a capocollo.

Mortadela: Outro produto da salumeria italiana de origem secular, a mortadela tem um perfume inconfundível, em razão das especiarias, sabor intenso e bem equilibrado pela presença do toucinho, que confere uma doçura toda especial a este produto. A mortadela é resultado de uma combinação de carnes suínas selecionadas à qual se adiciona toucinho em cubos.  O produto tem alto valor nutricional, pouco sal e é uma boa fonte de proteínas nobres, sais minerais e vitaminas do grupo B.

Zampone e Cotechino: A diferença entre estes dois produtos de Modena está basicamente na forma como são embutidos – o zampone na pata do porco e o cotechino, na pele. A origem de ambos remonta aos primórdios do século 15, confirmada por numerosas referências literárias, quando a população de Mirandola, na província de Modena, decidiu embutir as carnes na pele e na pata do porco durante um assédio à cidade pelas tropas do Papa Giulio II, em 1511. Hoje, muitos comuns, podem ser encontrados crus ou pré-cozidos e em qualquer época do ano, apesar de serem mais consumidos no final do ano com o símbolo de boa sorte.

Presunto Cozido: produto relativamente novo e que, rapidamente, conquistou o paladar dos italianos, o presunto cozido é um dos salumi mais apreciados e vendidos em razão de seu sabor delicado – levemente doce e de perfume agradável, com toque de especiarias – e consistência macia. O grande diferencial do presunto cozido italiano está relacionado à matéria-prima e sua aromatização, a tecnologia de processamento e formas de cozimento. É um alimento rico em proteínas nobres e vitamina B1, além de reduzido teor de sódio e gorduras.

Speck: Quando se fala em speck, na Itália ou fora dela, todos sabem que se está falando do pernil de porco desossado, levemente salgado e aromatizado. Este é um produto fundamental na alimentação do Alto Adige, no extremo norte, mas difundiu-se por todo o país e além dos Alpes. Se traduzido do alemão, speck significa banha, o que, realmente, não o define, pois em sua preparação utilizam-se os pernis, que combinam de maneira uniforme parte magras e com gordura. O speck do Alto Adige é controlado por um consórcio, que verifica e controla seu nível de qualidade. Os produtos aprovados são marcados a fogo.

Pancettapresente à mesa dos antigos longobardos, a pancetta é reconhecida por sua versatilidade na cozinha. Ela é derivada da barriga do porco, que combina partes magras e gordura, o que acaba produzindo um agradável efeito estriado. Seu processo de produção inclui salga, aromatização, descanso e cura por pelo menos três meses. A pancetta se apresenta de várias formas – cilíndrica ou enrolada, alongada ou achatada, além de uma versão defumada.

Mais Informações: salumiamobrasil.com.br

Fotos: Divulgação

***

Cerveja Barong

Amma lança cerveja

A marca de chocolates baiana Amma acaba de lançar a Barong, sua primeira cerveja (R$ 20; 300 ml). A bebida é adoçada com Gula Merah (açúcar da seiva do coqueiro) e é levemente caramelizada. Estive no happy hour de lançamento, que foi um barato. Comida e bebida da maior qualidade, como não poderia deixar de ser. Fã de carteirinha do trabalho do Diego Badaró, criador da marca de chocolates, eu adorei.

Serviço: Al. Ministro Rocha Azevedo, 1052, Jardim Paulista, tel. 3068-0240. Ter. a sex.: 10h às 19h. Sáb.: 10h30 às 19h

Foto: Divulgação

Anúncios

Copa do Mundo etc…

dalva

Entre os releases recebidos nesta época de Copa, os que mais me chamaram a atenção trazem quitutes e bebidas bem brasileiros. O Dalva e Dito (foto), do Alex Atala, promove, nos dias 12, 17 e 23 de junho, pacote para amantes de futebol. O restaurante conta com telão e oferece um pacote fechado para os fãs do futebol, tudo disponível 30 minutos antes da partida até o final do jogo. Por R$ 59, a mesa reúne quitutes como minicoxinha, palitinho de mandioca, miniescondidinho de pernil, torresmo, bolinho de arroz e minipastéis de carne-seca com abóbora. Tel.: (11) 3068-4444. Também nos Jardins, em São Paulo, o Alucci Alucci, da empresária Lúcia Faria serve drinks feitos com cachaça e frutas tropicais, quentão, tapioca recheada e caldinho de feijão, entre outros quitutes. A festa será no terraço da casa, com DJs que tocarão música brasileira. Bebidas: R$ 22, cada; petiscos: R$ 15, cada. Tel.: (11) 3086-1252. O Brasil a Gosto, de Ana Luiza Trajano, investe em quitutes variados, como canudinho de pernil com catupiry, queijo coalho com melaço, bolinho de arroz com carne seca, filé aperitivo com catupiry e linguiça acebolada com cachaça, itens que não faltam na carta de nossos botecos. O menu completo com caipirinhas variadas custa R$ 169, por pessoa. Tel.: (11) 3086-3565.

*

bacalhau-a-gomes-de-sa

O festival Sabores do Mundo reúne de 13 de junho a 13 de julho dez restaurantes de diferentes nacionalidades – americana, argentina, brasileira, espanhola, francesa, italiana, japonesa, peruana e portuguesa, que criaram um menu especial com entrada, prato e sobremesa por R$ 90. Alguns dos estabelecimentos ainda incluíram no menu um drinque de boas-vindas. As casas participantes, são:  210 Diner, Bacalhoeiro, Bar da Dona Onça, Bistrot de Paris, Estación Sur, JAM (Itaim e Jardins), La Mar, Pomodori e Venga!. O cardápio especial estará disponível nas casas durante o almoço e/ou jantar. Na foto acima, bacalhau a Gomes de Sá, do Bacalhoeiro. O evento é organizado pelo 3F Group, dos restaurantes JAM e La Mar Cebicheria, e conta com apoio da Avianca e operadora de turismo TGK.

*

Brigadeiros Fabiana D'Angelo_Copa do Mundo 2014_crédito Guiga Lessa-07

Brigadeiros Fabiana D’Angelo prepara opções lúdicas para a época da Copa.  Os brigadeiros tradicionais, preto ou branco, podem vir em copinhos (R$ 290) ou enrolados (R$ 190) e cobertos por chumbinho verde e amarelo. Ainda mais patriotas são os bombons cobertos com bandeiras do Brasil e confeitos nas cores da nação (R$ 250 o cento). Os docinhos podem ser comprados por encomenda ou nos quiosques da marca nos shopping Rio Design Leblon e Fashion Mall.  www.brigadeirosfabianadangelo.com.br

*

Regina Silveira_Biscoito Arte - Foto Gerson Zanini

O Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro inaugura a exposição Alimentário – arte e patrimônio alimentar brasileiro, concebida por Felipe Ribenboim com curadoria de Jacopo Crivelli Visconti. O projeto é pioneiro no País, mostrando a importância do alimento na cultura brasileira, reunindo chefes e artistas plásticos na mesma concepção expográfica. Imagens do trabalho de chefs se misturam a de artistas visuais como Di Cavalcanti, Portinari, Adriana Varejão, Beatriz Milhazes e Regina Silveira (na foto acima, a obra “Biscoito-Arte”), entre outros. A mostra traz documentos históricos, objetos etnográficos, pesquisas da culinária contemporânea, fotografias e vídeos documentais. Te.: (21) 3883-5600

 

Já pensou em assistir aos jogos da Copa… do alto?

xPiano Bar Terraço Itália (EM ALTA)

Quem não gosta do piano bar do Terraço Itália, em São Paulo? Eu amo. Não tem cenário mais paulistano, não é? Pois o lugar lançou, na semana passada, drinks e comidinhas especialmente para a Copa de 2014. Fui provar…

Drink Alemanha (Tangerina, angustura, mel, steinheger, vinho branco seco) 4 - Foto Artur Bragança

O projeto é o seguinte: a casa criou um camarote para os que quiserem assistir os jogos do alto, em telões. Por R$ 151, os clientes ganham o “kit torcedor”, que engloba bufê de petiscos, como arancini de gorgonzola (foto), pasteis de camarão, sanduichinhos, torradinhas de brie com caramelo e nozes, escondidinho de carne seca, entre outras opções do chef toscano Pasquale Mancini.

Arancini di gorgonzola (bolinho recheado de arroz italiano e gorgonzola) - R$ 29 - - Foto Artur Bragança 9

O barman Simone Volpato elaborou coquetéis especiais com cores de bandeiras de países como o drinque Itália, com sambuca, curaçao, Martini branco e vodka, o Brasil, que leva cachaça, suco de abacaxi, suco de limão xarope de menta verde e leite condensado (abaixo) e o coquetel Alemanha, com tangerina, angustura, mel, Steinheger e vinho branco seco (foto acima). As bebidas estão disponíveis nos dias de jogos das respectivas seleções. Custam R$ 22, cada.

Drink Brasil (Cachaça, suco de abacaxi, suco de limão xarope de menta verde e leite condensado) 2 - Foto Artur Bragança

Serviço: Avenida Ipiranga, n°344, 41° andar, Centro, São Paulo, tel.: (11) 2189-2929