Aprenda a fazer duas sopas diferentes

Santo Pão_Vichyssoise de coco_Thays Bittar (1).jpg

Vichyssoaise de coco 4 porções bem servidas

4 batatas monalisa tamanho médio

6 unidades de alho poró

½ cebola média

3 colheres de azeite

1 litro de leite de coco

2 xícaras (chá) de água

1 colher (chá) de sal

20g de coco em fitas

Descasque as batatas, corte em cubos e reserve. Em seguida, em uma panela, leve ao fogo o azeite, alho poró cortado em rodelas e a cebola picadinha e refogue. Depois acrescente as batatas cortadas em cubos, água e leite de coco. Deixe cozinhar. Após cozinhar, bata do liquidificador, acerte o sal e sirva com um pouquinho de coco em fitas.

Santo Pão_Creme de abóbora com inhame, cúrcuma e gengibre_Thays Bittar (3).jpg

Creme de abóbora com inhame, circula e gengibre 4 porções bem servidas

5 xícaras (chá) de abóbora cabotia em cubos

5 xícaras (chá) de inhame em cubos

1 colher (sopa) de cúrcuma

1 colher (café) de gengibre ralado

1 colher (chá) de sal

3 colheres (sopa) de cebola ralada

2 ½ litros água

Coloque todos os ingredientes em uma panela com 2 ½ litros de água, deixe cozinhar até que tudo fique bem mole. Reserve e deixe esfriar um pouco. Em seguida, bata no liquidificador e após formar um creme, volte para a panela, acerte o sal e sirva.

*

As receitas são do Santo Pão, R. Padre João Manuel, 968 – Jardim Paulista, Tel.: 11 2309-5594; as fotos são de divulgação. 

 

Anúncios

Chilli com carne, aprenda a fazer a receita original

chilli.jpg

Chilli com carne, receita deliciosa. Fiz e aprovei.

Ingredientes:

500 g de carne moída
1 colher de sopa de extrato de tomate
½ pimenta dedo de moça picada sem semente
2 dentes de alho esmagados
1 cebola grande picada
1 colher de chá (rasa) de açúcar
1 cubinho de caldo de legumes
Molho inglês a gosto
1 pimentão verde em cubinhos
1 pimentão amarelo em cubinhos
Chili (loja de especiarias em pó)
1 colher de café de pimenta caiena
Coentro, salsa e cebolinha verde para polvilhar
80 ml de óleo de milho

Modo de fazer

Refogue a cebola e o alho juntamente com o açúcar. Quando a cebola estiver transparente, acrescente a pimenta dedo de moça, o chili e a pimenta caiena. Adicione os pimentões refogando rapidamente, a carne moída e o extrato de tomates. Esfarele o caldo de legumes e acrescente também o molho inglês. Hora de experimentar e corrigir os temperos, se necessário. Polvilhe a mistura de ervas e sirva bem quente, como aperitivo. Sirva com o cream cheese e o doritos. Quem quiser, também pode servir com torradinhas.

La Sabrosa promove concurso de tacos

Mucha Lucha_Taquería La Sabrosa_Lucas Terribili_1MB-1.jpg

Inspirada no universo da luta livre mexicana, a Taquería La Sabrosa, na Rua Augusta, promove um evento chamado Lucha Libre… mas quem vai para o ringue são os tacos da casa. Cada “lutador” terá uma personalidade descrita pela força, picância e história. O embate começou no dia 22 de abril, quando foi lançado aos clientes o desafio de escolher entre tacos da casa e novos sabores para definir oque entra e quem sai do cardápio.

Durante duas semanas, os frequentadores da Taquería poderão pedir o combo lucha libre (R$17), que terá uma unidade de cada um dos tacos competidores. Ao fazer a compra, os torcedores recebem uma cédula de votação e se convertem em juízes. A cada mordida, será decidido qual taco aplica a melhor chave de sabor, golpe de aroma, mordida de crocância e salto de pimenta.

Hugo, dono da casa, que também tem o Obá, informa que o evento se encerra no dia 8 de maio com a grande final, que anuncia o ganhador que entrará ou permanecerá do cardápio. Ao perdedor, resta apenas a expectativa da próxima batalha.

Serviço: Taquería LA SABROSA Cocina de México,  Rua Augusta, 1474, Bela Vista, tel.: (11) 2924-6989

image.png

 

Restaurante Dona Mariquita, em Salvador, e a comida patrimonial baiana

IMG_9099.JPG

Você já ouviu falar em pastel de palmito de jaca; vatapá de fruta-pão; Oxinxim de moela “temperado com egussi”, semente de abóbora torrada no fubá de amendoim e castanha – como Jorge Amado gostava – , moqueca de moela com amendoim, castanha e semente de abóbora e camarão defumado; Efó, refogado de folha de Taioba com camarão defumado, amendoim, castanha de caju, e dendê; latipá, refogado de folha de mostarda, camarão defumado, amendoim, castanha de caju, e dendê e Ipeté, creme de inhame com camarões) e moqueca de feijão?

Estes são alguns pratos do cardápio do restaurante Dona Mariquita, num dos bairros mais charmosos de Salvador, todos pesquisados pela chef Leila Carreiro, que há dez anos percorre o estado da Bahia ouvindo histórias e resgatando receitas típicas da mesa regional.

IMG_9172.JPG

“Dona Mariquita nasceu em 2006 com a proposta de servir comida popular, ou de feira, num ambiente confortável. Passei a mergulhar em pesquisas no universo da Bahia antiga, descobrindo quitutes esquecidos e comidas típicas populares que haviam caído em desuso”, diz Leila.

Viajando pela Chapada, sul e recôncavo do estado, ela encontrou receitas e ingredientes originais da chamada “Cozinha Patrimonial da Bahia”. Da Chapada da Diamantina, por exemplo, Leila resgata o pastel de palmito de jaca. “Todo viajante do Vale do Capão encontra nas trilhas locais meninos vendendo o quitute, que é feito com jaca verde, produto que lembra o palmito, tanto em textura, quanto em sabor”, diz ela, que ainda usa o palmito em moquecas e a serve em casquinha.

Do recôncavo vem o óleo de palma ou azeite de dendê pilado, dos antigos quilombos remanescentes dos engenhos de cana de açúcar da região, onde também aprendeu as histórias e receitas africanas, como o bobó, que leva inhame, uma pasta cremosa, servida como oferenda para Oxum, a rainha das águas doce.

050110RS 191 (1).jpg

É dos escravos-de-ganho mouros e que trabalhavam nas pequenas manufaturas das grandes cidades do Recôncavo que vêm algumas das mais características iguarias da culinária reconvexa. O arroz de hauçá, por exemplo, prato que lembra o cuscuz marroquino, e que é feito com arroz e coco., em vez de sêmola, carne e camarão secos.

Outro prato que encontrou em suas pesquisas foi o acaçá de leite, que é preparado com milho branco, água e leite de coco e que acompanha pratos salgados. “O acaçá, antes, era conhecido como ‘merenda de tabuleiro’, e era levado por baianas quituteiras, na cabeça, pelas ladeiras de Salvador, tradição que acabou.” Em seu restaurante, Leila criou uma sobremesa chamada ‘Sorriso de Oxalá’, em que o acaçá de leite, chega à mesa acompanhado de goiabada.

 

Cardápio

Nas entradas, que Leila chama de Bota Gosto, destaque para o Oxinxim de moela com pão, moqueca de moela com amendoim, castanha, camarão defumado e egussi (R$ 30); Passarinha com farofa e vinagre, baço do boi escaldado e frito (R$ 35); Casquinha de palmito de jaca com farofa de licuri(R$ 21), servido com farofa de tapioca, fubá de licuri e açúcar mascavo.

Entre os pratos do cardápio que trazem a “Cozinha Patrimonial da Bahia”, destaques para o Arroz de Hauçá, arroz de coco, com molho de camarão defumado ao dendê e carne seca desfiada e frita(R$ 55, para duas pessoas); a Poqueca, moqueca assada na folha  de bananeira com camarões frescos e defumados e licuri, levemente apimentada com pirão de farinha de mandioca, servido com acaçá de leite (R$ 115, para duas pessoas) e o Ipeté, creme de inhame com camarão, arroz e farofa de dendê (R$ 100, para duas pessoas).

Nas sobremesas, que Leila chama de Tira Gosto, há Bolinho de estudante (R$ 12, quatro bolinhos), doce que leva tapioca com coco, também conhecido como Punhetinha; Pudim de tapioca com coco e calda de rapadura (R$ 10); Porção de doces e cocadas (R$ 12); entre outros.

Você já foi ao Dona Mariquita, nêga? Não? Então, vá!

Serviço: Dona Mariquita, Rua do Meio, 178 – Rio Vermelho, Salvador – BA, Tel.: (71) 3334-6947. Aberto de terça-feira à domingo, das 12h às 17h.  www.donamariquita.com.br

Fotos: Divulgação

Aniversário da rainha e mais…

H8VJV_44472294_Coworth_Park_Exterior_Summer.jpg

De 12 à 15 de maio, será celebrado o 90º aniversário da rainha da Inglaterra, Elizabeth II, nas propriedades do Castelo de Windsor. Atores, bandas, dançarinos e exibições equestres, visitantes poderão presenciar um concerto espetacular que conta a história da vida da rainha.

Embora os ingressos para os eventos estarem esgotados, o Hotel Coworth Park, membro da Dorchester Collection, possui um número limitado de bilhetes para oferecer aos hóspedes como parte de uma experiência oficial.

A celebração Royal no Coworth Park inclui acomodação de luxo para duas pessoas no Coworth Park; café da manhã inglês para dois; champagne afternoon e tea for two na chegada e dois bilhetes para o concerto de celebração incluindo transferências privadas. Valores: quarto superior à partir de £ 695; Mansion House Superior à partir de £ 810; Suite Júnior  à partir de £ 885 e Mansion House Suite Júnior à partir de £ 94. Caso você esteja no Brasil, reservas podem ser feitas com minha querida amiga Sônia Sahão, da Sahão Marketing e Consultoria Ltda (11 3285-3136 – comunicasahao@uol.com.br)

***

Semana passada recebi um kit com cortes de carne das fazendas do Marfrig, localizadas no interior de São Paulo e do Rio Grande do Sul, da marca NB Market, que acaba de lançar o Kit Churrasco delivery.

Os cortes de raças britânicas podem ser pedidos por telefone ou retirados na própria loja. os que chegaram para mim tinham gordura bem distribuída, eram macios e suculentos. Eram eles: costela premium, retirada entre a segunda e a quinta vértebra do boi; bife ancho; picanha; e o exclusivo Steak NB, um filé do centro da paleta, com textura muito macia.

Embora a sugestão fosse fazer na grelha, fiz no forno, assado, com cenouras cortadas, alho, cebola e folhas de louro, além de sal grosso. Ficou divino! O serviço delivery atende as regiões do Campo Belo, Moema e Santo Amaro pelo telefone (11) 5093 6006 e as regiões do Itaim Bibi, Vila Olímpia e Vila Nova Conceição pelo telefone (11) 3078 0999

***

Os restaurantes Bárbaro e Che Bárbaro, em São Paulo, ambos especializados em gastronomia argentina, promovem desconto de 20% em pratos, às segundas e terças-feiras, enquanto durar o outono. A ideia é mudar  de sugestão a cada três semanas. A  primeira oferta é o bife de chorizo angosto que, de R$ 76, custará R$ 60,80. Bárbaro: Rua Doutor Sodré, 241, Vila Olímpia, tel. (11) 3845-7743; Che Bárbaro: Rua Harmonia, 277, Vila Madalena, tel. 2691-7628

Patrimônio nacional agora em cápsulas

 

Capsula_GuaranaBrastemp B.blend Pepper _1

Acabei de saber de uma novidade bem divertida, para amantes de guaraná, como eu. A B.blend, plataforma de bebidas em cápsulas, está apresentando ao mercado seu novo sabor: Guaraná Antarctica. Não é bacana?

É o primeiro sabor após o anúncio da joint venture entre Ambev e Whirlpool, dona da marca Brastemp. O refrigerante, que é um patrimônio nacional, poderá agora ser preparado em casa, numa máquina como esta da foto abaixo.

guaranacartaz

Os ingredientes da cápsula são exatamente os mesmos encontrados na bebida que a gente sempre encontrou pelos quatro cantos do país. Vocês já devem saber disso, mas a preparação é feita na hora, e diretamente no copo, com a mistura de xarope concentrado do guaraná e de água gaseificada, na temperatura e medida ideal para seu gosto. As cápsulas, já disponíveis para venda, terão preço de R$ 1,99. Uma mão na roda, não é? Eu achei!

A B.blend é uma plataforma que permite o desenvolvimento de novos sabores e customização de bebidas de acordo com preferências regionais, e influência dos próprios consumidores. Disponível nas cores grafite, pimenta e berry, tem cilindro de gás e filtro, e pode ser encontrada no site B.blend, televendas, em  quiosques da marca e também em lojas da rede Fast Shop.

3-ims-de-geladeira-propaganda-do-guarana-antarctica-21749-MLB20216928922_122014-O3-ims-de-geladeira-propaganda-do-guarana-antarctica-21749-MLB20216928922_122014-O3-ims-de-geladeira-propaganda-do-guarana-antarctica-21749-MLB20216928922_122014-O

 Capsula_GuaranaCapsula_GuaranaCapsula_Guarana